2 de agosto de 2021

PAIDEIA Online

A notícia com equidade

Novo salário mínimo é de R$ 1.100

Salário mínimo

Começa a valer neste dia 1º de janeiro o novo salário mínimo nacional, de R$ 1.100. conforme a Medida Provisória nº Nº 1.021, publicada no Diário Oficial da União, no último dia 30. No ano passado, o salário mínimo estava em R$ 1.045.

O valor representa uma alta de R$ 55, ou 5,26%, em relação aos R$ 1.045 vigentes ao longo de 2020.

O salário mínimo é corrigido pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) – e a expectativa é de que o indicador tenha alta de cerca de 5,2% em 2020 (os dados oficiais serão divulgados em 12 de janeiro).

Resumindo: Mais mais um ano sem alta real no salário mínimo.

Houveram várias definições para o novo salário mínimo no final do ano, primeiro estipulado em R$ 1.067, depois R$ 1.088 e agora em R$ 1.100. O salário de R$ 1.067 constava da proposta do Orçamento Geral da União, enviada ao Congresso no fim de agosto de 2020.

Segundo o Ministério da Economia, para cada R$ 1 de aumento no salário mínimo há elevação de despesas de R$ 351,1 milhões. Assim, o reajuste de R$ 12, ao passar de R$ 1.088 para R$ 1.100, gera gasto adicional de cerca de R$ 4 bilhões em 2021.

O novo salário mínimo *vigora a partir de hoje, porém, o novo valor precisa ser confirmado pelo Congresso Nacional já que o governo fez o reajuste por meio de uma medida provisória.

O que achou do valor do novo salário mínimo?

MARCELO DE TOLEDO

*vigora vem do verbo vigorar. O mesmo que: encoraja, vale, fortalece, vige.